O clássico vestido de noiva de manga comprida

Vestido de princesa! - Fotos: reprodução

Os vestidos de noiva de manga comprida são clássicos. O modelo foi eternizado por ninguém menos que Grace Kelly e tornou-se um dos mais usados na década de 50, pois todas se apaixonaram pelo shape inspirado no new look de Christian Dior. E para provar que nunca ficou datado, Kate Middleton escolheu um vestido semelhante para se casar com o príncipe William, em Abril de 2011.

Katherine Kent se casou de mangas compridas - Foto: reprodução

Os modelos de vestido que cobrem os braços são perfeitos para quem vai casar no inverno, principalmente ao ar livre. Eles trazem um ar de sofisticação e são muito adequados para casamentos em grandes igrejas, com decoração barroca e rica em detalhes. O ideal é que sejam acinturados e, para acompanhar, a saia deve ser mais aberta. Assim, evita-se que o look envelheça a noiva.

A atriz Julie Andrews como Maria von Trapp, em A Noviça Rebelde, e em seu próprio casamento: dois vestidos de manga comprida. - Fotos: reprodução

Um vestido de manga longa rendado pede uma cauda e/ou um longo véu. Neste caso, escolha um buquê de flores claras, como rosas brancas.

Já os de materiais lisos como o cetim, carregam uma característica minimalista e podem ser usados apenas com um coque e um arranjo de cabelo. O buquê pode chamar mais atenção.

Vestido Monique Lhuillier -Foto: divulgação Monique Lhuillier

As mangas compridas também ajudam a disfarçar os braços de noivas mais cheinhas. São muito democráticas e ideais para as noivas que sempre sonharam com um casamento digno de princesa.