Como escolher as flores e arranjos da decoração do seu casamento de acordo com seu bolso

Escolher as flores, arranjos e cores da decoração do seu casamento não é tarefa simples, e aquedar o seu gosto com o seu bolso também não é fácil!

Nossa guestblogger, Mônica BLU Pucci, nos dá dicas de como decorar seu casamento com bom gosto e com o valor adequado ao seu orçamento.

Para se ter um efeito final que chame a atenção pelo bom gosto e sofisticação, não é preciso trabalhar apenas com flores caras e/ou exóticas. Ao contrário, a simplicidade dos arranjos, desde que em harmonia com o conjunto da decoração, são capazes de criar espaços de uma elegância indescritível.

Efeito final que chame a atenção pelo bom gosto e sofisticação. Foto: Tulio Vidal

A seguir, algumas dicas minhas, como florista e noiva recente (em maio faz apenas um ano que casei!) para você não ter um casamento lindo e uma conta bancária feia!

  • Escolha das flores

Quando começamos a procurar fotos de casamentos para nos inspirar, quase ficamos loucas. Queremos todos os arranjos que vemos; tudo é lindo, do exótico ao mais romântico… Mas, cuidado. Algumas flores são atemporais, ou seja, você encontra o ano todo: rosas, astromélias, lizianthus, por exemplo.

Alguns itens podem te ajudar a escolher as flores:

Para casamentos diurnos, bouquets multicoloridos são super indicados, e você pode, inclusive, usar o mesmo tipo de flor, apenas mudando as cores.

Então, melhor evitar flores exóticas, como Helicônia, Streliztia, etc. Além de mais caras, são mais indicadas para casamentos modernos e arrojados.

Flores com botões maiores decoram lindamente com menos quantidade. Foto: Paulo Heredia
  •  Detalhes importantíssimos

Nas mesas dos convidados, nada de flores com perfume forte – Lírios, Gardênia, Jasmim, etc. Podem incomodar e deixar as comidas e bebidas com o mesmo gosto.

Se vocês querem fazer bonito gastando pouco, evitem flores pequenas. Flores com botões maiores decoram lindamente com menos quantidade.

Decoração com flores copos de leite. Foto: Espaço Serra do mar

Orquídeas são lindas – e quase proibitiva para orçamentos “curtos”. Mas, se vocês querem usá-las de qualquer jeito, use plantadas, na entrada do Buffet, por exemplo. Ou alguns ramos em vasos estratégicos (mesa de doces, das lembrancinhas).

  • Tipos de arranjos

Ao invés de arranjos super elaborados, que tal decorar as mesas dos convidados com bouquets em água? Deixe a decoração mais sofisticada para entrada, mesa do bolo (ou das lembrancinhas). E lembre-se que, nas mesas, os arranjos devem ser baixos ou acima da altura da cabeça, para não atrapalhar a visão de quem está sentado.

Arranjos elaborados com velas e cestas. Foto: Espaço Serra do mar

Numa mesa redonda de 6 pessoas, por exemplo, o sousplat pode servir de base para mini vasinhos com bouquets de lizianthus, astromélia, gérberas, rosas…fica lindo!

Foto: Espaço Serra do mar
  • Mesmo assim ficou caro, e agora?

Converse com seu florista. Peça detalhes de cada arranjo proposto, e veja quais podem ser alterados – na quantidade, no tipo de flor, ou, eventualmente, eliminados. Por exemplo: será que um arranjo grande para mesa do bolo pode ser substituído por vários pequenos?

Foto: Espaço Serra do mar

Vale lembrar que se deve alterar a relação custo benefício, não somente o preço. Menos é mais, assim como simplicidade não é sinônimo de pouco, em se tratando de decoração de casamento!

Conheça mais sugestões sobre fornecedores de flores e arranjos para casamento.


Mônica BLU Pucci é florista da ByBlu Arranjos Florais e voluntária no projeto Flor Gentil, que reutiliza flores de eventos para compor arranjos a serem doados a hospitais e asilos.