A elegância dos vestidos de noiva Juliana Ariza

Uma estilista que se destaca pelo estilo contemporâneo de seus modelos para acompanhar os desejos de suas clientes que, a cada dia, estão mais dinâmicas, independentes e exigentes. Batemos um papo com ela, Juliana Ariza, para saber mais sobre suas inspirações da alta costura para noivas e o sucesso do resultado delas!

Foto: Juliana Azira
Foto: Juiana Ariza
Foto: Juiana Ariza

 ZK: Como você definiria o estilo de sua coleção para noivas?
Juliana: Minhas noivas são contemporâneas. Nesses 5 anos de marca Juliana Ariza são cada vez mais raras as noivas que chegam em meu atelier e dizem que vão se casar na igreja e que farão festa para mais de 300 pessoas. A mulher atual é dinâmica e prática, por isso, faço vestidos de noiva curtos e longos, pois tenho muitas clientes que se casaram numa cerimônia íntima, somente com familiares e amigos próximos e optam por não se casar de longo. Meus vestidos fogem do comum porque, cada um, é criado especialmente para cada noiva, de acordo com o que eu sugiro como o melhor modelo para ela em termos de tendência, biotipo e cor da pele.

ZK: Qual a sua principal atenção ao desenhar um vestido de Noiva?
Juliana: Criar um vestido que valorize a beleza da noiva, mas, sem ignorar o estilo contemporâneo da minha marca. A partir dessas informações, desenho modelos exclusivos mesclando o estilo da noiva ao meu. No primeiro encontro, faço várias perguntas para a noiva tais como: 1) Cidade, local, hora e quantos convidados haverá na festa; 2) Como você imagina seu vestido de noiva? ;3) Que partes do seu corpo você mais gosta e menos gosta?

Enquanto ela vai respondendo eu vou analisando seu tipo físico e tom de pele e vou mostrando no portfólio da marca, uma pasta com mais de 100 croquis feitos à mão, os modelos de vestidos que ficam melhores no corpo dela, valorizando o que há de melhor e escondendo o que a incomoda. Assim, ela me direciona sobre seu estilo para que possa criar seu modelo único e perfeito.

Foto: Juliana Ariza
Foto: Juliana Ariza

 ZK: Quais são os tecidos que você considera adequados para o vestido de noiva?Juliana: Não há regras para a escolha de tecidos. Os materiais a serem usados devem ser belos, de qualidade e adequados ao croqui para o caimento ficar o mais fiel possível ao desenho. Depende muito do modelo escolhido, os tecidos mais pedidos são renda, tule, mousseline, georgete e cetim de seda. Mas, já fiz vestidos de laise, de organza com poá em veludo off-white, de tafetá e shantung de seda, chegando ao exclusivo tear manual. Como disse, vai depender muito do modelo que ela escolheu dentre os croquis feitos especialmente para ela. Como detalhes e acabamentos, gosto muito de faixas, laços e aplicação de flores estilizadas ou uma flor como detalhe, tudo feito especialmente para o modelo escolhido.

Foto: Juliana Ariza

 

ZK: Branco, sempre branco? Ou é a favor de outras cores para o vestido de noiva? Se sim, quais entram em sua coleção?
Juliana: As mais clássicas sempre optam pelo branco puro. Mas, a maioria das minhas clientes opta pelo off-white, pérola ou palha e, as mais modernas, topam um nude ou champagne, chegando até a terem uma faixa preta ou lilás para quebrar o branco.