10 dicas para escrever convite perfeito

Sabe como redigir o convite do seu casamento? Foto: Mr. Wonderful

Uma vez decididos o dia e os detalhes do casamento, é a hora de começar a pensar na lista de convidados e no modelo do convite. Apesar da infinidade de modelos que se pode encontrar atualmente, alguns detalhes são padrões e devem ser seguidos. E para ajudar nessa tarefa, nós do Zankyou preparamos 10 dicas para você montar um convite perfeito.

1 – Quando começar a pensar na lista de convidados leve em conta certos casos especiais, como, por exemplo, casais divorciados (descubra se o divorcio é recente). É sempre bom revisar a lista definitiva e ordenar por grupos de idade, relação ou compromisso, com o objetivo de distribuir de forma conveniente as mesas do buffet.

2 – Os convites costumam ter um formato padrão, mas cada vez mais a criatividade e imaginação estão presentes nos convites de casamento. Nos convites clásicos se inclui os nomes dos noivos e dos pais comunicando aos convidados sobre a união, o local e a hora tanto da cerimônia quanto da festa, assim como, o endereço de ambas as famílias e a solicitação de confirmação de presença.

3. Se um dos pais é viúvo, se coloca só o seu nome e no caso da mãe ser viúva se faz referência ao marido (exemplo: Maria, viúva de João).

4- Abaixo desses dados se adiciona algum texto no convite, como por exemplo: “Tem a honra de participar da união dos seus filhos (os nomes de quem está se casando) e convidar para a cerimônia que se celebrará no dia (colocar a data e local) e posteriormente a recepção que será (local da recepção). Na linha de baixo se pede confirmação e na  última linha a esquerda aparece o endereço da noiva e do outro lado o do noivo.

O protocolo também se aplica aos convites de casamento. Foto: Mr. Wonderful

5 – Estes modelos tradicionais convivem hoje com outro tipo de convite, no qual os noivos convidam diretamente. Isso é muito comum no caso de segundo casamento ou com casais que já tem filhos. Este modelo será praticamente igual ao convencional, apenas com a diferença que se retiram os nomes dos pais.

Até hoje, o convite tradicional é o mais escolhido entre os noivos. Foto: Carlos Leandro

6 – Se o lugar da celebração é de difícil acesso é aconselhável incluir um mapa para que as pessoas possam chegar até o local com facilidade.

7-  Os envelopes se escrevem a mão ou com um calígrafo profissional, com tinta preta e sem abreviaturas nos nomes e sobrenomes.

Atenção aos nomes dos convidados na parte externa ou no envelope do convite! Foto: Rodrigo Zapico

8 – Se algum dos filhos do casal é maior de idade e vai acompanhado, o correto é que sejam enviados convites separados ao filho e a sua acompanhante. No caso de que a pessoa convidada receba um tratamento especial por algum cargo importante que exerça no convite deve ser nominado da seguinte forma: Excelentissimo. Sr. Dr. + o nome da pessoa.

9 – Os convites devem ser enviados ao menos dois meses antes para que os convidados tenham tempo de organizar suas agendas e fazer os preparativos necessários. O correto é que seja entregue em mãos, tendo em vista que é um acontecimento familiar e social. Para o caso de enviados por correio, é aconselhável que, antes mesmo de enviar, os noivos façam algum contato prévio para avisar do envio.

Entregar o convite em mãos é fazer parte da emoção de seu convidado ao recebê-lo! Foto: Rodrigo Zapico

10 – Atualmente, é costume enviar um único convite com as informações do casamento religioso ou civil e a recepção.

Queremos saber: como vai ser seu convite de casamento?

Conheça mais fornecedores de convites de casamento.